Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amor e Estilo

Amor e Estilo

Saudades de ti

Sem ti...

Dez anos sem ti...

Saudades de ti...

Dez anos se passaram e tal como me tinham dito nessa altura, a verdade é que a vida continuou! Muito, muito mais vazia, triste, amarga, vivendo cada dia com uma dor, com um sentimento de vazio que nem todos compreendem, que nem todos vêm...

Não há tempo que cicatrize esta ferida, não vai haver tempo... por mais que o tempo passe nunca vou aceitar e, digo-o passados dez anos! Tenho certeza disso!

A perda não é apenas pela ausência física, a minha vida não foi nem será a mesma se aqui estivesses... e como eu penso em como seria a minha vida se hoje aqui estivesses. Muitos acontecimentos surgiram depois de partires, como terias reagido? A minha vida teria tido um rumo diferente? Terias tido influência nas decisões que tomei... Com toda a certeza, pois o amor que tínhamos uma pela outra era imenso e isso mudaria tudo.

Como sinto falta do teu cheiro, do teu riso, dos nossos momentos... Como sinto saudades de dizer "Mãe"! Como serias agora passados dez anos? Será que estarias como ainda hoje te imagino na minha mente?

Gostava tanto de chegar ao fim-de-semana e poder dizer, vou almoçar no domingo com a minha mãe ou então vou às compras com a minha mãe... E quando tiver filhos, como serias como avó? Certamente super protetora, assim como foste connosco...

Não há tempo que mude nada disto! Continuo a sentir a tua falta!

 

 

Amo-te Mãe

 

Sinto falta...

190188_201302543222126_8221845_n.jpg

 

Sinto falta....

  de um abraço forte

de um olhar intenso

do cheiro do mar

de dias longos

de comer morangos com chocolate derretido

de sentir o calor do sol

de pequenos-almoços gostosos

de ouvir os pássaros a cantar

do cheiro da minha mãe

do sabor da comida da minha mãe

de ver filmes de terror na companhia da minha irmã

de acordar e sentir que o dia vai ser bom

de passeios com os meus cães

de ouvir amo-te

de sentir que me aceitam com todos os meus defeitos

de ouvir sinto a tua falta

de momentos bons

 de rir até doer a barriga

de andar descalça na relva

de ter os meus reunidos

de SER FELIZ...